Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT
  • Dia da Língua Portuguesa

 Dia Europeu das Línguas

​​O Dia Europeu das Línguas, que se comemora a 26 de setembro, foi instituído em 2001 pelo Conselho da Europa e pela Comissão Europeia para celebrar a riqueza e a diversidade linguística e cultural da Europa, sensibilizando os cidadãos, as empresas e as instituições para a aprendizagem das línguas como competências cada vez mais necessárias à mobilidade, à empregabilidade e ao desenvolvimento pessoal, bem como ao aprofundamento das democracias e do diálogo intercultural.

​O Dia Europeu das Línguas é também o dia do aniversário do BabeliUM, nascido a 26 de setembro de 2009.

 Dia Internacional da Língua Materna

​O Dia Internacional da Língua Materna foi instituído pela UNESCO em 1999 e é comemorado a 21 de fevereiro de cada ano. O Instituto de Letras e Ciências Humanas organiza diversas atividades neste dia, dirigidas à comunidade académica, com o intuito de sensibilizar para a importância da língua materna e de promover o multilinguismo como fator de comunicação e de preservação das diferentes línguas existentes no mundo.

 Verão no Campus

O programa Verão no Campus, que este ano decorrerá entre 24 e 28 de julho, terá em 2017 a sua 10ª edição. Foi desenvolvido com o objetivo de promover a cultura, a ciência e a arte junto dos mais jovens, e de auxiliar os estudantes que pretendem ingressar no Ensino Superior na escolha de uma área de estudo e trabalho.​

O Verão no Campus decorre em Julho, em Braga e Guimarães, e pretende ser, não só um espaço de aprendizagem para jovens alunos do ensino secundário, mas também fomentar o espírito de trabalho em equipa, e laços de amizade e confiança mútua, através das diversas atividades pedagógicas, lúdicas e culturais levadas a cabo em ambiente universitário. Os estudantes terão ainda a oportunidade de conhecer as cidades de Braga e Guimarães, de conviver com colegas de diferentes regiões geográficas e de aprenderem enquanto se divertem a experimentar as ações científicas, culturais e desportivas propostas.

Com um programa que abrange diferentes áreas científicas, serão promovidas atividades de ensino não formal nas áreas de arquitetura, matemática, química, arqueologia, sociologia, direito, educação, engenharia e letras.

Em todas as tarefas os participantes serão acompanhados por professores, investigadores e alunos da Universidade - os "padrinhos UMinho". 

Em resumo, os jovens terão a possibilidade de passar umas férias diferentes, junto dos alunos e dos professores da Universidade do Minho, nas instalações da instituição, e vão poder aprender enquanto se divertem, ao mesmo tempo que descobrem a área científica que mais se enquadra nas suas preferências e aptidões.

As atividades têm um custo total de 45 euros para a semana completa - 5 dias - que é a duração de todas as atividades.​

Contactos